Vencedores do Pitch Fight 2017 – Impress Semijóias

A Impress é uma empresa que cria, industrializa e comercializa semijoias (folheadas) através de um site online e também em venda direta por consultores.

Sendo que os nossos designers trabalham em formato colaborativo, ou seja, são remunerados variavelmente a cada semijoia vendida no site, pois eles só recebem se a joias projetadas por eles forem escolhidos pelo consumidor na etapa de escolha da arte à ser impresso na Impressora.

O ramo de atuação inicial da empresa será o de moda, mais especificamente acessórios em semijoias femininas, porém como diferencial competitivo a empresa decidiu atuar através de impressões 3D, permitindo a customização dos produtos ao invés de trabalhar sob o modelo “empurrado” ao mercado. Além do melhor atendimento das necessidades, o modelo de impressão 3D permite a criação de peças diferenciadas e o alcance a um nível de detalhe que um ourives ou outro especialista não consegue atingir hoje.

Trata-se de uma empresa 100% nacional situada em São Bernardo do Campo e que foi criada por 3 sócios (Victor Veloso, Gabriel Alves e Gustavo Grigorine) ambos da região do ABC, que gostam de inovar e se atentar aos detalhes humanos nos negócios.

O nome Impress faz alusão a “Impressionar”, mas também a “Impressão”, uma vez que as joias serão confeccionadas em impressoras 3D.

Optamos por utilizar uma impressora 3D por dois motivos que não encontramos “casados” em nenhum concorrente estudado, que são: a customização com custo baixo, a impressora utilizada faz uso dos recursos aproveitando 98,8% da matéria prima necessária para produzir uma semijoia, visto que o resíduo que representa aproximadamente 1,2% pode ser reutilizado somente mais uma vez e Impress consegue utilizar praticamente 100% no processo otimizando seus recursos.

Nosso investimento inicial para a compra da impressora e recursos administrativos é de R$ 61500 mil considerando o dinheiro de capital de giro e investimentos fixos como aluguel do local onde as impressões acontecerão. Para a inicialização do negócio cada sócio disponibilizará R$ 20500 mil tendo cotas iguais dentro da empresa.

A Impress teve origem da necessidade em que as pessoas tinham de se expressar em um objeto que seja único e consiga transmitir suas vontades, a ideia da impressora 3D veio com a adaptação do objetivo de criar algo o mais realista possível referente ao que o nosso cliente desejava e com a otimização de recursos como tempo, mão de obra e matéria prima.

Alunos:

GABRIEL ALVES DE PAULA

GUSTAVO HENRIQUE GRIGORINE

VICTOR VELOSO

Após o Pitch Fight, alunos tiveram a apresentação do plano de negócios sob orientação da profa. Patricia Matsuda e foram aprovados!

,

About Patricia Matsuda

Possui Graduação em Administração Pública pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2006). Mestrado (2010) e Doutorado (2015) pelo Programa de Pós Graduação em Engenharia de Produção da Universidade Federal de São Carlos. Realizou o doutorado sanduíche na University of Manchester - Manchester Business School (06/2013 - 04/2014). Foi Professora Universitária das Faculdades Integradas de São Carlos pelo período de dois anos (2007 - 2009). Foi bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) desde 2011 até 2014. Participa do Núcleo de Estudos em Sociologia Econômica e das Finanças (NESEFI). Foi Professora da disciplina de Operações, Serviços e Sistemas Produtivos II e orientadora de TCC no curso de Administração na Faculdade Sumaré. Ainda na Faculdade Sumaré foi Professora Conteudista da disciplina de ensino à distância Aplicação e Análise de Casos desde 2014 até 2017. É atualmente Professora da disciplina de Gestão Estratégica da Inovação e Teoria da Inovação e Competitividade para o curso de Administração no Centro Universitário da FEI - Unidade São Bernardo do Campo. Participa ativamente de eventos de Empreendedorismo, criatividade, inovação e startups como: Avaliadora na Bootcamp Final e Demoday do InovAtiva Brasil ; Palestrante na Oficina de criatividade e inovação do FEI Portas Abertas ; Avaliadora no Pitch Fight do Centro Universitário FEI ; Participação da organização do Congresso de Inovação no Centro Universitário FEI; Avaliadora de projetos no evento Inova FEI; Jurada no Startup Weekend edição ABC. Atualmente conduz pesquisas de iniciação científica com alunos do Centro Universitário FEI, com bolsa Pipex, nos seguintes temas: Startup Enxuta, Empresas do Cubo, Análise de ativos intangíveis, Startups abertas, Wenovate, Aceleradoras e Incubadoras de startups.
View all posts by Patricia Matsuda →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *