Plano de negócios: Palazzo Hair Salon

Plano de negócios: Palazzo Hair Salon

Predomina ainda no Brasil, o constante crescimento do setor da beleza. Segundo uma pesquisa realizada pela AVEC, os paulistas são os que mais gastam nos salões de beleza com um custo médio de 97,00 reais. No geral, os serviços mais procurados são os cortes, manicure, pedicure e design de sobrancelhas.

De acordo com um estudo realizado pelo SPC Brasil, em um cenário de crise, o brasileiro opta por cortar atividade de lazer em vez gastos com a beleza. Pensando em como ajudar as mulheres que continuam frequentando o salão de beleza a ter mais comodidade sem gastar muito a mais, o Palazzo Hair Salon oferecerá a elas serviços de um salão de beleza proporcionando comodidade e conforto. A diferenciação do salão, além do fato de estar perto das empresas, é utilizar a tecnologia de realidade virtual para oferecer consultoria de imagem e, também permitir que as clientes criem o ambiente no qual elas gostariam de estar inseridas.

De acordo com a Strategy Analytics, em 2016 foram vendidos, mundialmente, cerca de 30 milhões de dispositivos de realidade virtual. Nós usaremos dessa nova tecnologia para oferecer as nossas clientes uma experiência que elas não usufruem em outros salões. Com os óculos, elas poderão ser transportadas para outro ambiente sem sair do lugar e com isso serem beneficiadas através de uma consultoria de imagem ou até mesmo relaxar assistindo uma série ou um filme de sua preferência. Tudo isso enquanto realizam os procedimentos oferecidos pelo salão, como manicure e pedicure, corte, escova e design de sobrancelhas.

O público alvo foi delimitado entre mulheres brasileiras com idade entre 18 e 60 anos, das estratificações B e C, cujas são independentes e preocupadas com a aparência física, conectadas com as tendências do momento, que constantemente buscam inovações e que são exigentes com o resultado final do produto.

Segundo a entidade SEBRAE, o setor de salões de beleza teve faturamento anual de R$3,6 bilhões em 2015, números que representam 99,6% desse mercado. Mas, mesmo em um ano economicamente difícil, com importantes setores do mercado se retraindo, a área de beleza e cuidados pessoais conseguiu ter bom desempenho.

Para alavancar o negócio, será necessário um investimento inicial para dar suporte à operação, que envolve infraestrutura, compra inicial de produtos e caixa, resultando em um montante de R$ 77.042,18, o qual obterá retorno sobre o investimento no período de 31 meses.  Esse valor será integralizado pelas duas sócias do salão. O valor do Palazzo, gira em torno do montante de R$1.087.692,12, e para que atinja o sucesso, promoverá a melhor gestão dos recursos, gerando a maximização do lucro, para a perpetuidade do negócio.

 

ALUNAS:

MARIANA FACUNDO CARNEIRO

THALIA VIEIRA PRADO

Alunas tiveram a apresentação do plano de negócios sob orientação da profa. Patricia Matsuda e foram aprovadas com direito a publicação na biblioteca da FEI!

About Patricia Matsuda

Possui Graduação em Administração Pública pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2006). Mestrado (2010) e Doutorado (2015) pelo Programa de Pós Graduação em Engenharia de Produção da Universidade Federal de São Carlos. Realizou o doutorado sanduíche na University of Manchester - Manchester Business School (06/2013 - 04/2014). Foi Professora Universitária das Faculdades Integradas de São Carlos pelo período de dois anos (2007 - 2009). Foi bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) desde 2011 até 2014. Participa do Núcleo de Estudos em Sociologia Econômica e das Finanças (NESEFI). Foi Professora da disciplina de Operações, Serviços e Sistemas Produtivos II e orientadora de TCC no curso de Administração na Faculdade Sumaré. Ainda na Faculdade Sumaré foi Professora Conteudista da disciplina de ensino à distância Aplicação e Análise de Casos desde 2014 até 2017. É atualmente Professora da disciplina de Gestão Estratégica da Inovação e Teoria da Inovação e Competitividade para o curso de Administração no Centro Universitário da FEI - Unidade São Bernardo do Campo. Participa ativamente de eventos de Empreendedorismo, criatividade, inovação e startups como: Avaliadora na Bootcamp Final e Demoday do InovAtiva Brasil ; Palestrante na Oficina de criatividade e inovação do FEI Portas Abertas ; Avaliadora no Pitch Fight do Centro Universitário FEI ; Participação da organização do Congresso de Inovação no Centro Universitário FEI; Avaliadora de projetos no evento Inova FEI; Jurada no Startup Weekend edição ABC. Atualmente conduz pesquisas de iniciação científica com alunos do Centro Universitário FEI, com bolsa Pipex, nos seguintes temas: Startup Enxuta, Empresas do Cubo, Análise de ativos intangíveis, Startups abertas, Wenovate, Aceleradoras e Incubadoras de startups.
View all posts by Patricia Matsuda →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *