Organizações exponenciais (ExOs)

Slides ExOs: Exponenciais

Organizações exponenciais – Organizações exponenciais são 10 vezes melhores, mais rápidas e mais baratas.

O livro foi escrito por autores que fazem parte da Singularity University. O livro é denso e com muitas informações. Um dos autores fala que quando você está lendo o livro, muitas mudanças no mundo já ocorreram! Na primeira parte do livro se cria um conceito novo através do PTM – Propósito Massivo Transformador. Na segunda parte se classifica como criar ExOs em pequenas, médias e grandes empresas. Ao final se encontram alguns testes para verificar o grau de ExO em sua companhia.

Se caracteriza ExO por 6Ds, sendo Digitalizado, crescimento Disfarçado, Disruptivo, Desmaterialização, Desmonetização e Democratização.

Parte I – Explorando a organização exponencial

Antigamente os planos de negócios eram fixados com cerca de 10 anos de antecedência. A Kodak teve falência em 2012. Já no mesmo ano, o Instagram foi adquirido pelo Facebook pelo valor de 1 bilhão. E o Youtube foi comprado pelo Facebook por 1 bilhão.

Empresas que morreram: Iridieum, Kodak, Bluckbuster, Nokia.

Levanta-se nesse livro aspectos comuns das 100 startups mais valiosas do mundo.

Nessa primeira parte do livro se explora a organização exponencial. Características, atributos e suas implicações.

Se viu a diminuição do preço das tecnologias (impressão 3D, robô, drone, energia solar, sensor e etc.).

Por exemplo com o lançamento do Iphone em 2007, se tem a singularidade, que ocorre quando todas as estratégias existentes de consumo instantaneamente se tornam obsoletas.

Navtec – sensores de tráfego, a Nokia gastou 8,1 bilhões de dólares. Enquanto o Google adquiriu o Waze por 1,1 bilhão. Tendo inúmeros de sensores de tráfego humanos.

Peter Thiel autor do livro Zero to One, fala da criação de novos produtos, que está sendo uma prioridade para empresas.

Os fundadores do Waze preferiam utilizar o crowdsourcing de informações aproveitando sensores de GPS nos telefones dos usuários. Em dois anos, o número de fontes de dados do Waze se igualava ao número de sensores que a Navtec possuía.

ExO fazem parte do mundo da informação.

A empresa Quirky leva 29 dias desde a criação das ideias até o produto final nas prateleiras do Walmart local.

PTM – Propósito transformador massivo.

IDEAS SCALA
INTERFACE STAFF SOB DEMANDA
DASHBOARD COMUNIDADE E MULTIDÃO
EXPERIMENTAÇÃO ALGORITIMOS
AUTONOMIA ATIVOS ALAVANCADOS
SOCIAIS ENGAJAMENTO

Exemplos de PTM:

Ted – ideias que merecem ser espalhadas

Google – Organizar a informação do mundo

Quirky – tornar a invenção acessível

Singularity university – impactar positivamente um bilhão de pessoas

PTM seria que as organizações aspiram realizar, os maiores problemas do mundo, são os maiores mercados do mundo.

SCALA – externo

  1. Staff sob demanda – conta com milhão de trabalhadores conectados, exemplo Gigwalk.
  2. Comunidade e multidão – comunidade (usuários, clientes, fornecedores, parceiros, ex-alunos, fãs) e multidão está fora da comunidade, exemplo, o crowdfunding.
  3. Algoritmos – servem para praticamente tudo, exemplos: busca do Google, rank de páginas, recomendação de compras na Amazon, operação bancária de análise de crédito.
  4. Ativos alavancados – compartilhar, o consumo colaborativo.
  5. Engajamento – engajamento do usuário, exemplo: sorteios, concursos, cupons, milhas aéreas, cartão fidelidade.

As ExO têm PTM para aumento da velocidade, flexibilidade, agilidade e aprendizagem. Elas se relacionam com a área interna IDEAS.

IDEAS – interno

  1. Interface – ligam a SCALE com IDEAS através de algoritmos automatizados. Exemplo, a Apple usa algoritmo para ajudar a determinar quais apps lideram categorias.
  2. Dashboard – gerenciamento. Exemplo no Walmart, o gerenciamento da cadeia de suprimentos.
  3. Experimentação – kaizen, melhoria contínua, princípios da startup enxuta, teste e experimentação, aprendizagem validada, MVP.
  4. Autonomia – equipes auto organizadas, multidisciplinares, que operam com autoridade, descentralizadas, colaboradores com iniciativa, bottom-up.
  5. Tecnologias sociais – gerenciar tarefas, compartilhar arquivos (Dropbox, Google drive, etc.), tele-presença e sensores de saúde.

Diferenças entre as empresas tradicionais e ExOs:

Organização linear ExOs
Organização top-down e hierárquica Autonomia, tecnologias sociais
Impulsionada por resultados financeiros PTM, dashboards
Pensamento sequencial e linear Experimentação, autonomia
Inovação vem principalmente de dentro Comunidade e multidão, staff sob demanda, ativos alavancados, interfaces
O planejamento estratégico é uma extrapolação do passado PTM, experimentação
Intolerância ao risco Experimentação
Inflexibilidade de processos Autonomia, experimentação
Controla / possui próprios ativos Ativos alavancados
Fortemente investida em Status quo PTM, dashboards, experimentação

Exemplos de ExOs: Airbnb, Github, Google, Netflix, Quirky, Tesla, Uber, Xiaomi.

Implicações das ExOs, o vencedor leva tudo!

Mecanismo de busca: Google

Leilão online: Ebay

Comércio eletrônico: Amazon

Na era da ExO, as novas tecnologias habilitadas para informação deverão forçar uma queda exponencial dos custos não apenas de vendas e marketing, mas também em todas as funções de negócios.

Exemplo, no Uber, o curso de adicionar um carro de motorista para a frota é de quase zero.

O TED talks fez 12 mil eventos em cinco anos. A solução é estabelecer uma grande visão (PTM), definir a estrutura da ExO e implementar um plano de um ano (máximo), assistir a tudo expandir enquanto executa correções em curso, em tempo real. Foi o que TED fez.

As pequenas empresas startups tem muitas vantagens e poucas desvantagens. Por exemplo, o Airbnb tem 1300 colaboradores, enquanto a rede de hotéis Hyatt tem 45 mil colaboradores e tem menor valor de mercado.

A era da dominação de mercado de forma tradicional está chegando ao fim. O mundo pertence agora aos mais inteligentes, as empresas melhores, mais ágeis.

Parte 2 – Construindo uma organização exponencial

Nessa segunda parte se implementa o modelo de ExO em startups, médias e grandes empresas, além de falar sobre o executivo exponencial.

Ao final, o livro apresenta um teste para verificar qual o quociente exponencial da sua organização com pontuação de 1-4 (total 84).

Acompanhe o ranking das ExOs no site do livro: http://top100.exponentialorgs.com

,

About Patricia Matsuda

Possui Graduação em Administração Pública pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2006). Mestrado (2010) e Doutorado (2015) pelo Programa de Pós Graduação em Engenharia de Produção da Universidade Federal de São Carlos. Realizou o doutorado sanduíche na University of Manchester - Manchester Business School (06/2013 - 04/2014). Foi Professora Universitária das Faculdades Integradas de São Carlos pelo período de dois anos (2007 - 2009). Foi bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) desde 2011 até 2014. Participa do Núcleo de Estudos em Sociologia Econômica e das Finanças (NESEFI). Foi Professora da disciplina de Operações, Serviços e Sistemas Produtivos II e orientadora de TCC no curso de Administração na Faculdade Sumaré. Ainda na Faculdade Sumaré foi Professora Conteudista da disciplina de ensino à distância Aplicação e Análise de Casos desde 2014 até 2017. É atualmente Professora da disciplina de Gestão Estratégica da Inovação e Teoria da Inovação e Competitividade para o curso de Administração no Centro Universitário da FEI - Unidade São Bernardo do Campo. Participa ativamente de eventos de Empreendedorismo, criatividade, inovação e startups como: Avaliadora na Bootcamp Final e Demoday do InovAtiva Brasil ; Palestrante na Oficina de criatividade e inovação do FEI Portas Abertas ; Avaliadora no Pitch Fight do Centro Universitário FEI ; Participação da organização do Congresso de Inovação no Centro Universitário FEI; Avaliadora de projetos no evento Inova FEI; Jurada no Startup Weekend edição ABC. Atualmente conduz pesquisas de iniciação científica com alunos do Centro Universitário FEI, com bolsa Pipex, nos seguintes temas: Startup Enxuta, Empresas do Cubo, Análise de ativos intangíveis, Startups abertas, Wenovate, Aceleradoras e Incubadoras de startups.
View all posts by Patricia Matsuda →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *