Teste de sobrevivência na Lua – Atividade

Tema a ser abordado: Tomada de decisão em grupo

As circunstâncias: Sua espaçonave acaba de fazer uma alunissagem desastrosa. Você estava programado para se encontrar com a nave-mãe a 200 km dali, na face iluminada da Lua, mas o pouso violento estragou a sua nave e destruiu todo o equipamento a bordo, exceto as que constam dos quinze itens relacionados. A sobrevivência de sua tripulação depende do encontro com a nave-mãe e, por isso, você precisa escolher o que é mais importante quanto à utilidade para essa viagem de 200 km.

Fazer uma lista de itens, em ordem de importância, para sobreviver: (Coloque o número 1 no item mais importante, o 2 no segundo mais importante e, assim até o número 15 que será o menos importante)

– Caixa de fósforos

– Alimento concentrado

– 100 m de corda náilon

– Seda de Paraquedas

– Aquecedor portátil

– Duas pistolas de calibre 45

– Caixa de leite em pó

– Um mapa estelar

– Uma balsa salva-vidas

– Dois tanques de oxigênio de 100 libras cada

– Uma bússola

– Cinco galões de água

– Duas pistolas de sinais luminosos

– Um estojo de primeiros socorros

– Um FM receptor e transmissor movido à força solar

IMPORTANTE:

  • Não olhem as respostas dos outros antes responderem
  • Resistam à tentação de alterar os valores depois

 

Nasa Sua classificação Diferença Grupo
 1 Tanque oxigênio  
2 Água  
3 Mapa estrelar  
4 Alimento concentrado  
5 Rádio frequência  
6 Corda nylon  
7 Primeiros socorros  
8 Seda de paraquedas  
9 Barco inflável  
10 Rojão  
11 Pistola  
12 Leite em pó  
13 Aquecedor  
14 Bússola  
15 Fósforos  

 

Teste de sobrevivência na Lua – Entregar após atividade

Explicação:

 

Caixa de Fósforos 15 Sem oxigênio não existe fogo, logo os fósforos são inúteis
Comida Concentrada 4 Ótimo meio de repor as energias
Corda de Náilon 6 Utilizável para se manterem unidos e escalar possível elevações
Seda de Paraquedas 8 Proteção dos raios solares
Aquecedor Portátil 13 Não é necessário (só no “lado escuro”)
Pistolas (45) 11 Possível meio de autopropulsão
Caixa de Leite em pó 12 Pode ser misturado na comida concentrada, mas não é muito necessário
Tanques de Oxigênio 1 Incrivelmente necessário, além disso, um tanque de 100 libras pesaria apenas 17 libras na Lua
Mapa Estelar 3 Primeiro meio de navegação. O céu lunar é igual ao da Terra
Balsa salva-vidas 9 A garrafa de CO2 inclusa pode ser usada como propulsão
Bússola 14 A bússola não funciona na Lua (que não tem campo magnético)
5 galões de água 2 Necessária para hidratar os astronautas que perdem muita água nas caminhadas lunares
Pistolas Sinalizadoras 10 Pode-se usar como sinalizador, mas as reações serão diferentes imaginando que não existe atmosfera e a gravidade é menor
Estojo de Primeiros Socorros 7 Podem-se utilizar as agulhas para injetar vitaminas etc.
Transmissor FM movido à energia Solar 5 Para se comunicar com a Nave-mãe (mas o FM só pode ser usado em baixas altitudes)

 

,

About Patricia Matsuda

Possui Graduação em Administração Pública pela Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho (2006). Mestrado (2010) e Doutorado (2015) pelo Programa de Pós Graduação em Engenharia de Produção da Universidade Federal de São Carlos. Realizou o doutorado sanduíche na University of Manchester - Manchester Business School (06/2013 - 04/2014). Foi Professora Universitária das Faculdades Integradas de São Carlos pelo período de dois anos (2007 - 2009). Foi bolsista da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (CAPES) desde 2011 até 2014. Participa do Núcleo de Estudos em Sociologia Econômica e das Finanças (NESEFI). Foi Professora da disciplina de Operações, Serviços e Sistemas Produtivos II e orientadora de TCC no curso de Administração na Faculdade Sumaré. Ainda na Faculdade Sumaré foi Professora Conteudista da disciplina de ensino à distância Aplicação e Análise de Casos desde 2014 até 2017. É atualmente Professora da disciplina de Gestão Estratégica da Inovação e Teoria da Inovação e Competitividade para o curso de Administração no Centro Universitário da FEI - Unidade São Bernardo do Campo. Participa ativamente de eventos de Empreendedorismo, criatividade, inovação e startups como: Avaliadora na Bootcamp Final e Demoday do InovAtiva Brasil ; Palestrante na Oficina de criatividade e inovação do FEI Portas Abertas ; Avaliadora no Pitch Fight do Centro Universitário FEI ; Participação da organização do Congresso de Inovação no Centro Universitário FEI; Avaliadora de projetos no evento Inova FEI; Jurada no Startup Weekend edição ABC. Atualmente conduz pesquisas de iniciação científica com alunos do Centro Universitário FEI, com bolsa Pipex, nos seguintes temas: Startup Enxuta, Empresas do Cubo, Análise de ativos intangíveis, Startups abertas, Wenovate, Aceleradoras e Incubadoras de startups.
View all posts by Patricia Matsuda →

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *